quinta-feira, 27 de março de 2008

Algo que quis dizer e não disse, que quis postar e deixei mofar nos rascunhos da vida... Perdeu o sentido, mas não a força... Nem a beleza...

PENSANDO EM TUDO QUE ACONTECEU, VENDO O QUANTO DE LOUCURA EXISTIU NOS ÚLTIMOS DIAS, CHEGUEI A UMA CONCLUSÃO E VENHO AQUI COMPARTILHÁ-LA CONTIGO...


EU NÃO QUERO QUE SEJAS MEU, NEM SUA TÃO POUCO SEREI... EXISTEM IMPOSSIBILIDADES DEMAIS, EMPECILHOS DEMAIS... O QUE CRIARIA UM LAÇO QUE TALVEZ NÃO PUDESSÉMOS MANTER...


SINTO MUITO POR ESTAS IMPOSSIBILIDADES, SINTO TODOS OS "DESVIOS E PERCAUSOS"...


SE A VIDA ME PERMITISSE ESCOLHER AGORA EU ESCOLHERIA VOCÊ... MAS NÃO ME É PERMITIDA TAL POSSIBILIDADE...


EU TE PROPONHO ENTÃO UMA NOVA HISTÓRIA, UM NOVO ENVOLVIMENTO...


EU, NESTE MOMENTO (COMO EM TODOS OS OUTROS DA MINHA EXISTÊNCIA), PRECISO DE PAIXÃO, DE CALOR, DE DESCOBERTAS, DE SURPRESAS, DA SENSAÇÃO DE LIBERDADE, DE SABER O NOVO, DE TOCAR O NOVO, DE VIVER UM MISTÉRIO, DE ME DEIXAR LEVAR, DE ME PERDER... POR ISSO RESOLVI VOLTAR ATRÁS NA RESPOSTA DADA E TE FAZER UMA NOVA PROPOSTA...


AO INVÉS DE "NAMORAR" VOCÊ QUER "DESENAMORAR" COMIGO?


EU QUERO PERGUNTAR MAIS CLARAMENTE, MAIS DIRETAMENTE: QUER SE APAIXONAR "COMIGO"? (ISSO MESMO, NÃO SE "APAIXONAR POR MIM", SE "APAIXONAR COMIGO")...


VAMOS VIVER COISAS QUE NUNCA VIVEMOS, VER COISAS QUE NUNCA VIMOS, FAZER COISAS QUE NUNCA FIZEMOS, NOS PERMITIR O QUE NUNCA PERMITIMOS... VAMOS DESCOBRIR ATÉ ONDE VAI NOSSA EMOÇÃO, QUAIS AS SENSAÇÕES QUE NOS FAZEM FALTA...


SE VOCÊ QUISER ASSIM... EU ACEITO!!!


JÁ VIVEMOS CONVENCIONADOS DEMAIS, PRESOS A REGRAS, COMPROMISSOS... TALVEZ ESTE SEJA O MOMENTO DE DESCOBRIR O NOVO, DE VER COISAS QUE SEMPRE QUERÍAMOS E NUNCA FOMOS CORAJOSOS O SUFICIENTE PRA BUSCAR...


UM DIA INTEIRO DE CARINHO, DEITAR NA GRAMA E OLHAR AS ESTRELAS, VIAJAR SEM RUMO, FICAR ABRAÇADOS SEM FALAR NADA, SENTIR O CALOR DO OUTRO SEM TER QUE EXPLICAR, RETRIBUIR... APENAS SENTIR...


TANTAS E TANTAS COISAS...


ADORARIA TER UM NAMORADO, MAS ENTRARIA EM EXTASE SE TIVESSE ALGUÉM PARA SE APAIXONAR COMIGO... NAMORADO EU JÁ TIVE... PRECISO DE UM CORAÇÃO QUE ESTEJA ANSIOSO POR VIVER, POR PULSAR, POR EXISTIR... NAMORADO QUALQUER PESSOA PODE SER, APAIXONÁVEL NEM SEMPRE...


EU QUERIA DIZER ISSO OLHANDO PARA VOCÊ MAS TINHA QUE FAZÊ-LO AGORA... ANTES QUE AS PALAVRAS FUGISSEM...


ADOREI ESTAR COM VOCÊ... FOI O MOMENTO DE MAIOR LIBERDADE QUE TIVE... ESSA SENSAÇÃO DE "ESTOU AQUI", DE "VOU, MAS VOLTO", DE "QUERO VOCÊ", DEPOIS DE TER ARRANCADO AS CORRENTES DOS MEUS PÉS É INDESCRITÍVEL... VOCÊ DEVIA EXPERIMENTAR...



DEIXE-ME TE MOSTRAR O MUNDO QUE DESCOBRI, DEIXE QUE TEUS OLHOS TAMBÉM O VEJA... DESTRANQUE AS PORTAS QUE PRENDEM TUAS EMOÇÕES...


EU FAÇO A PERGUNTA DEFINITIVA AGORA: QUER VIVER COMIGO ESTE MOMENTO? QUER DESCOBRIR COMIGO ESTAS SENSAÇÕES?


NÃO QUERO PROMESSAS, NEM COMPROMISSOS, NEM QUE ABANDONES NADA, QUERO APENAS QUE DIGA: "SIM, EU QUERO VER O MUNDO COM VOCÊ, ME APAIXONAR PELA VIDA CONTIGO"... E NADA MAIS EU TEMEREI, NADA MAIS VAI IMPORTAR... EU SOU LIVRE... QUERO VIVER ESTA LIBERDADE... NÃO QUERO IMPOR ISSO A NINGUÉM... MAS SE QUISER DESCOBRIR JUNTO COMIGO VAI SER MUITO BOM... MUITO MESMO...


AQUI EU QUERIA DIZER UMA COISA QUE NÃO DISSE AINDA: GOSTO DE VOCÊ, DO JEITO COMO ÉS, E NÃO ESCOLHERIA QUALQUER UM PRA VIVER ESTE MOMENTO COMIGO... GOSTO QUANDO ESTÁS COMIGO... GOSTO QUANDO ESTOU CONTIGO... E ISSO NÃO TEM QUE SER EXPLICADO... TEM QUE SER SENTIDO... TEM QUE FAZER SENTIDO... E FAZ!


VOU PARAR POR AQUI E ESPERAR TUA RESPOSTA... QUE SEJA NO TEU TEMPO, NA TUA HORA, SE SENTIR VONTADE REALMENTE DE RESPONDER...


VOCÊ SABE ONDE E QUANDO ME ENCONTRAR... SABE QUE SOU O DESCONHECIDO... SABE QUE SOU MAIS QUE ISSO... VOCÊ SABE... ME SABE... ME TEVE... ME TEM... FAÇA COMO QUEIRA... MAS FAÇA!


AGUARDO SUA DECISÃO...


VIDA LONGA...


VIVA... SALVE...


(FABRINE, 18.06.07... 12:17...)

Precisa dizer alguma coisa???



Multiplicidade...

Hoje eu estava vendo uma entrevista da Maitê Proença onde ela disse: "A gente cisma em querer ser um só quando se pode ser muito mais que isso"...


Realmente, não devemos nos reduzir a ser um só ser... Podemos ser muitos seres num só... Por conta disso me veio a cabeça umas rimas...



QUERO SER MENINO NA PELE DOCE DE MENINA

SER MENINA NA FORÇA BRUTA DO MENINO

BRINCANDO COM A ESSÊNCIA, O INTIMO...

MASCULINO E FEMININO

UM UNIVERSO, DOIS INSTINTOS...



QUERO SER ASTRONAUTA E BAILARINA

ENGENHEIRO E COSTUREIRA

QUERO SORVER A BELEZA

QUE SÓ A MULTIPLICIDADE TRAZ...


(Texto resgatado dos rascunhos... 27.01.08)

"Cheiro de lágrima guardada em lenços envoltos em sonhos"...

(Nativa)

Também senti.. Mas também passou...

Pra tu que ficas...


Pena não ver teu sorriso...

Pena tua face não poder tocar...

Pena usastes teus lábios como Judas pra me beijar...
.
Eram lindos os planos...

E um "Belo Horizonte" a descortinar...

Eram coesos os sonhos, que os corações amigos, ousaram sonhar...

Pena que seja assim...

Belo começo e triste fim...

Pena é o sentimento que resta...

Quando ainda lembro de ti...

Pena... Que pena!

(Nativa... 17.03.08... BH)

Já passou... Mas eu senti...

É uma pena que alguns vendam tão barato os verdadeiros sentimentos...

O pagamento do mal é sempre a solidão...

Sou transparente demais...

Comigo é 8 ou 80... Tá comigo ou fico indiferente...

Tem um ditado assim: "O Homem evita falar de boca cheia mas não evita fazê-lo com a cabeça vazia"...

E a vida é assim meu bem, a cada queda um coice, pra cada ação uma REAÇÃO...

Subiu, desceu, e tal e tal...

E a vida segue...

COM OU SEM VOCÊ...

O que o futuro te reserva????

REAÇÃO EM CADEIA...

E olha que a solidão dói mesmo... Eita se dói...

Hoje... Sem abraço!

(Nativa, 17.03.08... BH...)

quarta-feira, 26 de março de 2008

Uma manhã cheia do ontem...

Hoje eu resolvi desencavar (dar vida de novo) a coisas esquecidas... Uma trança nos cabelos, uma bermuda antiga (modelo pivete...kkk...), um fone de ouvidos daqueles beeeemmm grandes, que tem até passador de cabeça e o escambal... É um poço de "raridades"...

Mas depois de chorar alguns dias, recuperei até um sorriso velho e um pouco do velho bom humor... E quem disse que o "velho" não tem charme??? Rs...

Acordei e ajudei uma amiga (tudo por causa do Papa...kkk), e vi que, no meio do caos das caixas da mudança, consigo ser feliz...

Uma velha chama militante e um tanto de admiração por ver a chama que anda meio apagada em mim renasceu em outro alguém... Me orgulhei disso...

Ontem ao tentar livrar os calouros do meu curso do trote vi o quanto o bem incomoda e é estressante... E ouvi uma frase que me fez relaxar: "Fá, você não precisa carregar o problema dos outros... Eles tem que aprender... desestressa!"

E sabe o que eu fiz????

DESESTRESSEI!!!!

Mudando de assunto...

Ainda não encontrei casa pra mudar... Ontem andei tanto procurando e, dos dois um, ou eu tenho pouca grana ou os donos das casas que estão pedindo resgate pelo sequestro do Bispo... Cara, que dureza... Continuo dizendo: Na próxima encarnação quero espiar rica... kkkk...

Outro assunto de ontem foi o coração... O passado batendo suave na minha porta, trazendo lembranças doces aos meus lábios... Quanto tempo, quanto querer... Um amor bipolar, inocente e ardente... Que nunca acabou e, talvez, apenas hiberne em mim, nele, em nós...

Quanta beleza, quanto sentimento, quanta dureza nestas cabeças... Deu vontade de resgatar o sentimento, a relação e pintar suas paredes, restaurando apenas os momentos felizes...

Éramos apenas adolescentes brincando de amar... Mas foi de uma plenitude que não se pode menssurar...

É... Minha vida é assim: Um turbilhão de sensações... Perdas, ganhos, idas e resgates... Mas isso que faz de mim o que sou...

É isso que me faz FELIZ!
.
Abraço!

(Fabrine, 25.03.08... Manhã... Depois de conversar com aquele que foi o meu "GRANDE AMOR"... O que temos da vida é impositivo mas muito vem do resultado de nossas escolhas... Você quis partir... Mas eu nunca quis que você fosse... Como cantou o Roberto: "Pobres namorados, sofrem separados, por razões iguais"... De alguma forma eu... Ainda... Amo você! Metade da minha vida eu te dediquei... A outra metade... Eu nem sei...)

Corre Menina...

A Felicidade te aguarda... Em algum lugar...
Corre...

Vai Menina... Vai...


O segredo de cada caminho

Se descobre no passo

Se descobre no alto

Na atitude de nunca parar...


Posso até ferir meus pés na estrada

Mas agarro minha mala

E minh'alma ponho a cantar...


Pode ser frio o percurso

Pode chover, pode molhar

Mas não vou desistir do que luto

Desistir do que sonho

De buscar o que me foi destinado...


Se a água transpõe o caminho de pedras

Posso vencer todo resto

Pois tudo que busco

Pois tudo que quero

Minha honra e mérito

Dependem apenas

Da força do meu caminhar...


Vai Menina...

Vai...


(Nativa, Vi.C... 26.03.08... 02:20... Em resposta a seus próprios questionamentos... Força Menina... FORÇA!!!)

Experimente o que pede a letra da canção...



A Lista
Oswaldo Montenegro


Faça uma lista de grandes amigos

Quem você mais via há dez anos atrás

Quantos você ainda vê todo dia

Quantos você já não encontra mais...

Faça uma lista dos sonhos que tinha

Quantos você desistiu de sonhar!

Quantos amores jurados pra sempre

Quantos você conseguiu preservar...

Onde você ainda se reconhece

Na foto passada ou no espelho de agora?

Hoje é do jeito que achou que seria

Quantos amigos você jogou fora?

Quantos mistérios que você sondava

Quantos você conseguiu entender?

Quantos segredos que você guardava

Hoje são bobos ninguém quer saber?

Quantas mentiras você condenava?

Quantas você teve que cometer?

Quantos defeitos sanados com o tempo

Eram o melhor que havia em você?

Quantas canções que você não cantava

Hoje assobia pra sobreviver?

Quantas pessoas que você amava

Hoje acredita que amam você?

Alegria triste...



Hoje a minha alegria é triste...

Venho chorando a alguns dias... Medo do novo, medo do que se descortina, medo de não aguentar assumir a solidão definitivamente... Mas não me permiti desistir de tentar...

Hoje eu senti o quanto estou só por aqui... O quanto as pessoas se preocupam apenas com seus umbigos... Hoje eu vi que não podemos nos doar incondicionalmente...

A vida é estranha por vezes...

Hoje eu senti uma vontade amarga de sumir... Mesmo depois de acordar com um bom humor acima da média... Acordei sorrindo e ouvi belas canções... Mas a vida escancara os fatos na nossa frente... Mesmo que não estejamos preparados para vê-los...

Hoje eu senti muita falta dos amigos... E constatei que nem todos olham pra você como você os olha... Não que não sejamos importantes, mas também não somos tão importantes como julgamos...

Hoje eu quis um amigo pra olhar pra mim e dizer: Calma! vai dar certo!

Me dou demais e quando preciso nem a mim eu tenho...

Não estou triste pelos atos das pessoas, estou triste por que hoje eu vi que a solidão venceu o jogo... GAME OVER!!! Como diz a canção: "Me sinto tão só e dizem que a solidão até que me cai bem"...

Estou me fechando muito, estou envelhecendo rápido demais...

Hoje eu precisei apenas de um sorriso e uma frase... Tive apenas EU no espelho e um silêncio gritando a ausência de tudo que eu precisei...

Por hora eu vou continuar fingindo que não percebo o mundo ao meu redor...Continuarei acreditando que as pessoas se importam... Que tenho amigos palpáveis, presentes e solícitos...

Por hora não vou olhar calendários nem relógios... Vou fingir que não sou eu, que não cresci, que não precisei...

Vou continuar a pintar meu nariz e fingir ser palhaça... Mas não esconderei a lágrima... Continuarei minha sina de Pierrot... Fingindo e seguindo, escondendo no riso a dor da SOLIDÃO...

Hoje sem abraço... Por que vocês nem estarão aqui pra recebê-lo...

Até mais!

Ah... Se puder, olhe agora nos olhos de um amigo, ligue pra quem você tanto gosta e que não liga a um tempão... Apenas diga que sente saudades e que ele tem com quem contar... Diga: Vai dar certo! A gente nunca sabe o quanto o outro pode estar precisando...

(Fabrine... Vi.C... 26.03.08... Peço desculpas ao pessoal de BH que está esperando um post sobre a viagem... Não consegui passar por cima da minha emoção... Tive que voltar aqui e escrever... Tava doendo sufocar isso... Em breve cumprirei a promessa... Permaneçam bem...)

sábado, 22 de março de 2008

Assim é a vida... Muitas chegadas... Muitas partidas... E muita... SAUDADE!!!!

Lume de Estrelas
Oswaldo Montenegro


Toda vez que eu volto
Tô partindo
E no sentido exato
É por saudade
Ah! coração taí a festa
E nós
Por aí vai
Nossa colorida idade


Diga depressa com quantas paixões
Faz-se a canoa
Do amor que a gente quer
E quando eu não voltar
Acenda o mesmo lume de estrelas
Que eu deixei no teu olhar


Toda vez que eu volto
Tô partindo
E no sentido exato
É por saudade
Ah! coração taí a festa
E nós
Por aí vai
Nossa colorida idade


(Amorinha, em sua homenagem...)

segunda-feira, 17 de março de 2008

UM CONSELHO...


"CONHEÇA SEMPRE TODO SOLO QUE TEUS PÉS PRETENDEM PISAR..."

(NATIVA, MARÇO/2008)

sexta-feira, 14 de março de 2008

quarta-feira, 12 de março de 2008

É...


CADA DIA UMA DESCOBERTA...

CADA OLHAR UM MUNDO NOVO QUE SE DESCORTINA...


(BH / MG... 12/03/2008...)

domingo, 9 de março de 2008

APENAS UM DIA...


APREENSÃO, AGONIA, SAUDADE...

CAMA, COLCHÃO, TRAVESSEIRO...

JUQUINHA, IUKY, SOPHIE...

MEU MUNDO, MEU LAR, MEU TUDO...

(09/03/2008...)

sábado, 8 de março de 2008

VERDADES E AÍS...

HOJE MEU CORAÇÃO ACORDOU DOLORIDO...

DESCOBRIU UM TANTO MAIS DE FRAGILIDADE EM MIM...


VI UM POUCO MAIS DE DESVIOS NO CAMINHO DOS MEUS SONHOS...
PIOR... NÃO SENTI MAIS A GRAÇA QUE TINHA EM SONHAR SER EU...

HOJE ME SENTI NUA, EXPOSTA UMA VERDADE TÃO CRUA... DIFÍCIL DE ACEITAR...


PRECISO DE AJUDA... SÓ NÃO SEI SE QUERO...

QUERO CHORAR NO MEU TRAVESSEIRO... POIS ELE ME PROTEGE DO MAL...

NÃO QUERO SENTIR MAIS ISSO...

QUERO ME RESGATAR DE MIM...


ISSO TUDO É MUITO "SURREAL" PRA MIM... NÃO CONSIGO IMITAR O "DALÍ"...


ABRAÇO!


(BH / MG... 08/03/2008... TARDE...)

DIÁLOGO DO MEDO...

Aos poucos os fantasmas da existência me tomam... Me envolvem... Me consomem...

São medos cruéis, difíceis de serem digeridos...

- Ah! o medo me paralisa!!!

- Freio, freio, freio...

- Não!!!

- Use-o como motor Menina...

- Não consigo... Tenho medo de ter medo e de não tê-lo também... O medo é prudência, é refúgio! Por isso tenho-o sempre em grandes goles...

- Outrora tive medo da morte, hoje não tenho mais... Agora o medo é da vida, que outrora quis e agora não quero mais...

(BH / MG, 08.03.08... Madrugada...)